O líquido da vida

   Dentre todos substâncias existentes na superfície e no interior da Terra, a mais importante e essencial para o surgimento e perpetuação da vida é um líquido muitas vezes azul ou transparente que devemos ingerir todo o dia para nos mantermos saudáveis: a água.

Resultado de imagem para beber água

   Teorias e estudos apontam que os primeiros seres vivos surgiram a milhares de anos no ambiente aquático. Estes seres extremamente primitivos foram os responsáveis pela origem da vida na Terra. Entretanto, eles só conseguiram se manter vivos devido a substância que os cercava, a água.

   A água que tomamos em nossas casas ou vemos nos mares e rios sofrem ou sofreram diversos processos para chegar aonde estão. Chamamos todos os processos que envolvem a água de Ciclo da Água.

   O site Aulas de Ciências da Natureza no post intitulado Ciclo da Água explica extremante bem o funcionamento deste ciclo. Como dito no site em questão, a água é a única substância terrestre presente nos três estados : Sólido (na forma de gelo ou neve), Líquido (na forma da água presente nos rios e mares, ou aquela que bebemos) e Gasoso (na forma das nuvens do céu). A substância água só está presente no nosso planeta nestas três formas devido a distância exata do Sol que permite que isto ocorra, como é explicado no texto A água na Terra, no Sistema Solar e no Universo da página De Rerum Natura.

   O Ciclo da Água tem início a partir da chuva, pelo processo de precipitação, no qual o vapor de água se condensa (passando de vapor para líquido) e cai em direção a superfície terrestre. Se essa queda ocorrer em um ambiente gelado, temos a formação da neve, que normalmente acontece nas regiões polares ou topos de altas montanhas; se form em outros ambientes, origina a chuva.

   A água ao atingir o solo pode sofrer três processos. O primeiro é chamado de infiltração, no qual ela penetra na terra e vai sendo filtrada até atingir uma grande profundidade, formando os lençóis freáticos, que posteriormente podem originar rios ou ficarem presos na terra formando grandes poços d’água. O segundo é a formação de rios e lagos de maneira direta, isto ocorre quando a água cai sobre terrenos que não permitem a infiltração dela. Por fim, a água também pode ficar na forma de gelo, seja nos pólos ou no topo das montanhas, podendo em algum momento derreter e formar mares, rios ou lagos.

   O ciclo termina com o retorno da água para o estado gasoso através do processo de evaporação, que pode acontecer novamente de duas maneiras. O primeiro acontece quando rios e mares ao sofrerem um processo de aquecimento causado, principalmente, pelo Sol transformam água líquida em gasosa. Já o segundo ocorre quando animais, sendo os seres humanos incluídos nesta categoria e plantas perdem água na forma de suor no processo de transpiração.

   A imagem abaixo foi retirada do site Ciências Natureza na postagem intitulada Ciclo da Água, que possui um texto extremamente simples, mas um figura extremamente representativa.

Ciclo da Água

   O ciclo que falamos até aqui parece ser extremamente simples, entretanto nas últimas décadas ele vem sofrendo diversos danos, causado principalmente pelo ser humano. O primeiro exemplo é a impermeabilização do solo que acontece quando ruas são pavimentadas e vegetação nativa é cortada, fazendo assim, com que a água não consiga penetrar na terra e forme dos lençóis freáticos; além de causar em períodos de chuvas intensas os alagamentos e enchentes (como pode ser visto na figura abaixo).

 

Resultado de imagem para impermeabilização do solo pavimento
Em casos de chuvas fortes, o pavimento que compõe as ruas e avenidas não permite que a água seja drenada para dentro do solo, causando assim, alagamentos e enchentes.

   Outro dano causado pela ação do Homem é a poluição das águas. Citamos aqui o exemplo lançado pela página Biologia Total na publicação Quais os perigos da lama ‘tóxica’ do desastre de Minas Gerais? No final do ano de 2015, duas barragens romperam no estado de Minas Gerais levando lama e barro com grandes quantias de metais como ferro e sílica para a cidade de Mariana, causando mortes, destruição e principalmente danos aos rios existentes na área. A lama deste rompimento atingiu o litoral do Espírito Santo, o que prejudica não somente o ciclo da água mas toda fauna e flora da região.

 

Mar em Regência, litoral de Linhares, neste domingo (22) (Foto: Secundo Rezende/ Zoom Filmes)
Mar em Regência, litoral de Linhares, no domingo 22 de novembro de 2015.

      Para finalizar, abaixo apresento dois vídeos sobre o ciclo da água. O primeiro, que considero mais didático mostra os principais passos deste ciclo, já o segundo, que é mais complexo, demonstra os processos das estações de tratamento de água e dicas de economia desta substância.

 

Deixem nos comentários dúvidas e sugestões sobre este e outros assuntos.

Por João Pedro Broday

Fonte:

SÃO PEDRO, M. J. CICLO DA ÁGUA. Aulas de Ciência da Natureza. Disponível em <http://auladecienciasdanatureza.blogspot.com.br/2011/04/ciclo-da-agua.html&gt; Acesso em 17 set. 2016.

CARVALHO, G. A ÁGUA NA TERRA, NO SISTEMA SOLAR E NO UNIVERSO. De Rerum Natura: Sobre a Natureza das Coisas. Disponível em <http://dererummundi.blogspot.com.br/2015/06/a-agua-na-terra-no-sistema-solar-e-no.html&gt; Acesso em 17 set. 2016.

A, F. CICLO DA ÁGUA. Ciências Natureza. Disponível em < http://www.cienciasnatureza.com/2012/11/ciclo-da-agua.html> Acesso em 17 set. 2016.

QUAIS OS PERIGOS DA LAMA “TÓXICA” DO DESASTRE DE MINAS GERAIS? Biologia Total. Disponível em <https://www.biologiatotal.com.br/blog/lama-toxica-materiais-despejados-na-natureza-em-mariana-podem-prejudicar-ecossistema.html&gt; Acesso em 17 set. 2016.

BORGES, J. LAMA DA BARRAGEM DA SAMARCO CHEGA AO MAR NO ES. G1. Disponível em <http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2015/11/lama-de-barragem-da-samarco-chega-ao-mar-no-es.html&gt; Acesso 17 set. 2016.

Anúncios

Um comentário em “O líquido da vida

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s