Magnetismo pela Internet

  Desde criança somos apresentados a diversos conteúdos, seja na escola, internet, televisão, cinema ou livros,  sendo vários deles multidisciplinares. Entre estes conteúdos um está relaciona com o magnetismo terrestre e orientação espacial.

Bússola: instrumento útil para orientação espacial que está relacionado com magnetismo..

   A interdisciplinariedade do assunto abordado neste post permite que enxerguemos suas aplicações por diferentes pontos de vista. A grande maioria dos assuntos encontrados envolvendo magnetismo nos leva para blogs e sites de Geografia, como por exemplo o blog Terra que Gira que aborda temas relacionados principalmente com a rotação do planeta, descobertas espaciais e geografia terrestre. Entre um dos seus posts existe um chamado Campo Magnético Terrestreno qual explica sucintamente o funcionamento do magnetismo terrestre e suas vantagens para o desenvolvimento do planeta Terra.

   No texto divulgado pelo post João Moeds Duarte – autor do texto –  afirma que “A origem do campo magnético da Terra é ainda hoje discutida, mas a teoria mais aceita é a de que o nosso planeta possui um núcleo externo líquido constituído por ferro e níquel que se encontra em movimento. O movimento destes metais fundidos origina um campo eléctrico no interior do núcleo que por sua vez origina o campo magnético terrestre.” Entretanto não aprofunda o assunto, provavelmente por não ser o foco do blog, já que este está relacionado com outra disciplina: a Física.

   Magnetismo está intimamente ligado a conceitos físicos, por este motivo quando o assunto é procurado somos também levados a portais virtuais de Física, como o blog Super Teslas que aborda o assunto de maneira excepcional. No post intitulado Magnetismo Terrestre é explicado que o planeta em que vivemos funciona como um grande ímã, existindo desta maneira um pólo Norte e um pólo Sul, e tal como o blog anterior explica que o movimento do núcleo da Terra é responsável por originar o magnetismo terrestre.

   Se você prestou atenção no que leu anteriormente pode ter notado que ambos afirmam que o magnetismo é originado do movimento do núcleo da Terra, mas em nenhum deles é explicado como isto acontece realmente. Desta maneira, somos levados ao terceiro portal virtual de hoje, o Ciência na Mídiaque na publicação intitulada Terremoto, Luz, Massa… Ação! divulga diversos vídeos provenientes da Unifesp TV, no qual explica diversos assuntos, entre eles Paleomagnetismo.

   No vídeo o entrevistado explica que o magnetismo é gerado em função do movimento de metais líquidos existentes no núcleo externo da Terra. O movimento gera um campo elétrico e este por sua vez será responsável pelo surgimento do campo magnético. O entrevistado mostra uma das aplicações do estudo deste campo para áreas de Geologia e Geofísica, como por exemplo o entendimento da localização de rochas da superfície terrestre no momento da sua formação; foi desta maneira que o mesmo descobriu que a Amazônia antes de estar na sua posição atual, estaria próxima ao Trópico de Capricórnio, evidenciando a existência da movimentação e deriva continental. Este trecho pode ser visto abaixo:

O vídeo completo você pode encontrar em nossa página do Facebook.

   Entretanto nenhum dos blogs visitados obteve mais sucesso em sua explicação do que o De Rerum Natura em sua publicação intitulada O Magnetismo da TerraO texto elaborado por Carlos Fiolhais é extremamente completo, narrando desde as primeiras hipóteses sobre o assunto até comparações da Terra com outros planetas. Entretanto, algo que creio ter prejudicado o texto é o vocabulário, que não é muito acessível, principalmente para crianças. Desta maneira, procurei encontrar outro texto que explique de maneira mais simplificada o funcionamento do magnetismo. 

   No portal Ciência Hoje das Crianças na publicação Curiosidade Magnética a autora explica o funcionamento da bússola (algo que discutiremos nos próximos posts) e o fato desta apontar na realidade para o pólo Sul magnético da Terra, que fica localizado no Norte. Esta confusão na nomenclatura, como explica Isabelle Carvalho – autora do texto – deve-se ao fato de que a nomeação dos pontos cardeais ter sido anterior a descoberta do funcionamento do magnetismo. 

  Ainda esta semana publicaremos outros materiais sobre magnetismo terrestre.

  Por João Pedro Broday

   Fontes:

MAGNETISMO TERRESTRE. Super Teslas. Disponível em <http://superteslas.blogspot.com.br/2014/07/campo-magnetico-magnetismo-terrestre.html > Acesso em 13 ago. 2016.

DUARTE, J. M. CAMPO MAGNÉTICO TERRESTRE. Terra que Gira. Disponível em <http://terraquegira.blogspot.com.br/2007/06/campo-magntico-terrestre.html&gt; Acesso em 13 ago. 2016.

NAHAS, T. TERREMOTOS, LUZ, MASSA… AÇÃO! Ciência na Mídia. Disponível em <https://ciencianamidia.wordpress.com/?s=magnetismo&gt; Acesso em 13 ago. 2016.

CARVALHO, I. CURIOSIDADE MAGNÉTICA. Ciência Hoje das Crianças. Disponível em <http://chc.cienciahoje.uol.com.br/curiosidade-magnetica/&gt; Acesso em 13 ago. 2016.

FIOLHAIS, C. O MAGNETISMO DA TERRA. De Rerum Natura: Sobre a Natureza das Coisas. Disponível em <http://dererummundi.blogspot.com.br/2010/09/o-magnetismo-da-terra.html&gt; Acesso em 13 ago. 2016.

 

 

Anúncios

Um comentário em “Magnetismo pela Internet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s